CAASPNotícias

Torneio consagra tênis como esporte gregário da Advocacia

By 5 de outubro de 2021No Comments

Aconteceram no dia 3 de outubro as grandes finais do 82º Aberto de Tênis OAB-CAASP. O torneio organizado pelo Departamento de Esportes e Lazer da CAASP, sob responsabilidade do diretor Roberto Araújo, e pela parceira LM Sports, tendo como patrocinadores as marcas Multilaser e Movida, foi realizado em dois fins de semana, nos dias 25 e 26 de setembro e 2 e 3 de outubro, nas quadras de saibro do Clube Atlético Indiano, em São Paulo, e contou com mais de 70 inscritos.

O diretor Roberto Araújo acompanhou todo o evento e fez um discurso emocionado no encerramento. “Mais importante que os troféus é o sentimento que levamos conosco do dia de hoje: o amor. O amor que emana desta família em que o tênis da advocacia se tornou”, declarou o dirigente.

Nas finalíssimas, além do bom nível técnico, os atletas tiveram um adversário a mais para enfrentar: o clima. O tempo nublado e a chuva fina deram as caras, mas não assustaram os tenistas. Alguns até aproveitaram as condições naturais para potencializar o seu jogo e vencer, como foi o caso dos campeões das categorias “Até 39 anos”, André Mazone (foto), e “50 a 59 anos”, Wilson Caruso.

“O tenista precisa ter a capacidade de se adaptar. Jogar com sol, com chuva. O importante é ter foco, assim as condições adversas tendem a não atrapalhar tanto. Eu, particularmente, gosto de jogar num tempo mais nublado como hoje”, disse Mazone. Seu colega Caruso também tirou proveito da quadra úmida. “Com a garoa a quadra fica mais pesada, o jogo mais lento. Como sou um jogador que gosta muito do toque, essas condições acabaram favorecendo meu jogo”, declarou o campeão “50 a 59 anos”.

“A quadra pesada favoreceu o jogo do meu adversário, que era um jogo de muito efeito, o que dificultou que eu encontrasse o tempo da bola muitas vezes, mas felizmente contornei essas condições”, contou Felipe Mavigner, campeão “40 a 49 anos”. Auxiliou o advogado a torcida da esposa e dos filhos que estavam nas arquibancadas do Clube Atlético Indiano.

A competitividade dos atletas não diminuiu o clima de amizade e confraternização que é bastante comum nos eventos tenísticos da CAASP.

Estreante em eventos da Caixa de Assistência, Humberto Blancato venceu a categoria “Acima de 60 anos” e falou das suas primeiras impressões da competição: “Achei sensacional. Organização, tipo de competição, nível técnico, tudo nota 10. Serei um assíduo participante a partir de agora”.

No “Feminino”, a campeã foi Carla Chiarella. “O tênis feminino precisa ser incentivado. As mulheres estão engrenando, mas precisamos de mais”, concitou Chiarella, ressaltando as qualidades do torneio para além da competição: “Temos aqui uma turma muito boa e divertida. É também um ótimo espaço para networking”.

O torneio de duplas fechou o 82º Aberto de Tênis da Advocacia. Pela categoria “A” os campeões foram Márcio Lima e Lucas Diaz. “O Lucas foi o capitão da equipe. Graças às orientações dele conseguimos ser uma dupla competitiva”, afirmou Lima, iniciante no esporte. “O torneio de duplas possibilita que a gente jogue com todos os participantes do torneio e encontre essa sinergia. Agradeço ao meu parceiro pela confiança”, sublinhou Diaz.

Já na categoria “B” o troféu ficou nas mãos de Nicolao Constantino Filho e Giselle Santos. “Atualmente só participo dos torneios da CAASP, justamente por causa da confraternização e das amizades que esse evento proporciona. Foi um prazer jogar pela primeira vez com essa parceira”, destacou Constantino Filho. Santos corroborou: “Foi minha primeira experiência em torneios da CAASP e já percebo que o que a gente colhe de resultados aqui é exatamente aquilo que meu parceiro destacou – as amizades”.

O próximo compromisso dos tenistas da Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo será em Andradina, nos dias 23 e 24 de outubro. Na mesma ocasião o Departamento de Esportes e Lazer realizará um Torneio da Beach Tennis. As inscrições para ambos os eventos estão abertas AQUI.