Skip to main content
InstitucionalNotíciasÚltimos Destaques

Programa da OAB SP acolhe e apoia a jovem advocacia no começo de carreira

By 23 de agosto de 2022agosto 25th, 2022No Comments

Objetivo da Oficina da Advocacia também é aproximar recém-inscritos a conhecerem

Com a chegada de cerca de 10 mil advogadas e advogados no mercado de trabalho anualmente, o início da carreira no Direito é muito desafiador. Ainda existe um grande déficit entre faculdade e mercado em relação à disponibilização de ferramentas para colocar o conhecimento em prática, como noções de administração, gestão financeira, honorários, marketing jurídico, temas, por vezes, menosprezados na grade curricular das faculdades.

 Diante da lacuna entre ensino jurídico e mercado de trabalho, a Ordem dos Advogados do Brasil Seção São Paulo (OAB SP) lança o programa Oficina da Advocacia, programa que contempla aulas on-line, com o objetivo de acolher os recém-ingressos nos quadros da Secional e ajudar a estruturar o início da carreira.  

Os conteúdos abordam assuntos como a estrutura do Sistema da Ordem dos Advogados do Brasil, marketing jurídico, empreendedorismo, funcionamento dos sistemas PJe e e-SAJ, honorários, entre outros tópicos. 

De acordo com a presidente da OAB SP, Patricia Vanzolini, apesar de integrarem a maior entidade de classe do país, a grande maioria não tem conhecimento que a Ordem está a serviço da advocacia para além de uma organização classista.

“É necessário acolher o novo advogado nos quadros da Ordem e dar a ele noções básicas de como estruturar sua carreira, desde as formas de atuação profissional, bem como as áreas de atuação disponíveis, além de oferecer noções de gestão financeira e administração do escritório”, explica.

A presidente destaca que um dos eixos norteadores da OAB SP perpassa pela geração de oportunidades e suporte ao desenvolvimento profissional da advocacia paulista para atuar de forma mais efetiva na administração da justiça. 

O conselheiro secional, Eduardo Ferrari, coordenador do Oficina da Advocacia, explica que após o entusiasmo por passar no Exame de Ordem e quando do  momento da inscrição, muitos bacharéis se sentem perdidos. “Eles não têm ideia quais os propósitos e como a Ordem paulista pode ajudá-los, tampouco em como o mercado de trabalho funciona. Isso faz com que muitos desistam da profissão e, os que não desistem, mantêm-se afastados e alheios à entidade, que termina por virar apenas um ‘boleto’ para pagar”, avalia Ferrari.

A Oficina da Advocacia será ministrada em formato on-line, proporcionando um conteúdo qualificado e uniforme, garantindo acolhimento e proximidade com a entidade. No total, serão 17 aulas, e o acesso ao material é exclusivamente voltado à Jovem Advocacia, que terá acesso a partir da área restrita no site da OAB SP (www.oabsp.org.br).

Veja aqui como acessar as aulas do Oficina da Advocacia.