CAASPNotícias

Em Maresias, 12º Circuito de Surfe OAB SP-CAASP promove reencontro da advocacia com o esporte

By 1 de dezembro de 2021dezembro 3rd, 2021No Comments

Um belo dia de sol marcou o retorno do Circuito de Surfe OAB SP-CAASP, após ser interrompido pelo agravamento da pandemia de coronavírus. A décima segunda edição do torneio foi realizada na Praia de Maresias, São Sebastião, no dia 28 de novembro. A competição exigiu apuro técnico e criatividade dos atletas, já que o mar estava com ondas pequenas. Estilo, fluidez, radicalidade, velocidade e distância percorrida sobre a onda, entre outros quesitos, embasaram o julgamento dos árbitros para definir os campeões em três categorias – longboard, shortboard e stand up. Assim, Daniks Fischer, de São Vicente, sagrou-se campeão nas categorias longboard. Já o primeiro lugar do shortboard foi para Maurício Duarte Dos Santos, de Santos. Fechou o pódio dos campeões o título conquistado por André Paiva, de São Vicente, na modalidade stand up. Acima da competição, prevaleceu no evento a confraternização e reencontro com o esporte e com os amigos.

Daniks Fischer, campeão do longboard, destacou seu entusiasmo com o retorno da competição. “Quem surfa sempre espera um final de semana que possa ir a lugares diferentes com os colegas. Os torneios servem para isto, aliás, não só para testar o nosso nível de surfe junto a uma comissão de arbitragem, mas também para por conversas em dia que no fim das contas agregam qualidade de vida”, registrou Fischer. Ele comentou a respeito de sua performance na edição da prova da advocacia, onde também competiu na categoria shortboard, ficando com o segundo lugar. “Considerando uma cirurgia que fiz no nariz em setembro, que praticamente me afastou dos treinos, até que fui bem, especialmente na shortboard, cujas ondas pequenas sempre foram meu ponto fraco”, disse Fischer, que coleciona também o troféu de campeão brasileiro open em 1993 e vice-campeão mundial por seleções em 1994.

“Mesmo com a experiência de conhecer diversos países, profissionalmente ou não, não tive ciência de evento nesse sentido. Por isso, considero essa iniciativa uma vitória da classe”, declarou o campeão da modalidade shortboard, Maurício Duarte Dos Santos, a respeito da realização do campeonato de surfe. Participante assíduo do torneio e vencedor por diversas vezes do mesmo, Santos destacou o que torna o Circuito de Surfe OAB SP-CAASP especial. “Histórias como a do colega José Carlos Foryan, Barueri, que pude conhecer nessa edição e que depois de sete anos sem surfar, tomou ciência sobre o evento, comprou equipamentos de surfe novos e retornou ao esporte”, contou Santos.

Segundo o campeão da modalidade stand up, André Paiva, disciplina e persistência fizeram a diferença para a conquista do seu sexto título no surfe da advocacia. “Minha performance foi fruto do treino, e da vontade de surfar. Com a confirmação da etapa, fui surfar mais vezes, por isso minha performance foi boa” afirmou Paiva. Ele considerou que este foi um excelente momento para o retorno do Circuito de Surfe OAB SP-CAASP, já que o esporte está em alta, graças à medalha de ouro conquistada por Ítalo Ferreira nos Jogos Olímpios de Tóquio, no Japão. “A volta do circuito representa liberdade, saúde, natureza, reencontro e alegria. Além do mais, agora nosso esporte é olímpico!”, declarou o campeão.

O 12º Circuito OAB SP-CAASP de Surfe foi realizado em parceria com a Federação Paulista de Surf, com o apoio da Associação de Surf de São Sebastião, Associação de Surf de Maresias, Prefeitura Municipal de São Sebastião e Secretaria de Esportes de São Sebastião. Contou com o patrocínio local do Go Gordo Açaí Litoral Norte, Pizzaria Porto da Praia, Camburi Praia Hotel, Refúgio Camburi Recanto Primavera e Sorvetes Rochinha.