CAASPNotícias

Setembro Amarelo: CAASP realiza 1ª Campanha de Saúde Mental da Advocacia

By 18 de agosto de 2021No Comments
Saúde Mental na Pandemia

Bem estar, amor próprio, aceitação das exigências da vida, sabedoria para lidar com as emoções e reconhecer os próprios limites, enfim, estar social, emocional e psicologicamente em equilíbrio. Saúde mental é premissa para a qualidade de vida e a busca por ela, ainda mais em tempo de temores extras devido à pandemia de Covid-19, deve ser constante.

Tal percepção é global, tanto que a Organização Mundial de Saúde instituiu, em 2015, o Setembro Amarelo, efeméride cujo objetivo é engajar diferentes atores e instituições da sociedade na promoção de medidas para trazer o equilíbrio psicológico e evitar, assim, doenças mentais que podem levar até ao suicídio. A estimativa da OMS é de que, a cada ano, cerca de 800 mil pessoas tirem a própria vida.

As doenças mentais, em geral, são decorrentes de fatores sociais, genéticos, psicológicos e ambientais e podem ser prevenidas. As pressões cotidianas colocam em risco a saúde mental individual e coletiva e a advocacia está inserida neste problemático contexto, vez que é profissão de alto potencial estafante, sujeita a prazos, administração contínua de conflitos, cobranças e ansiedade e carece de estímulo para que atente à questão psicológica, para que mantenha boa qualidade de vida.

Por isso, de forma inédita, a Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo realiza de 1º de setembro a 15 de outubro a 1ª Campanha de Saúde Mental da Advocacia.

“Não se conquista a plena saúde mental sem o apoio de profissionais especializados, psicólogos e psicólogas. O acompanhamento psicológico exerce um papel protetivo e preventivo de doenças mentais. Precisamos atuar na prevenção, evitando desfechos negativos como a ansiedade e suas consequências emocionais. Por isso, convidamos a advocacia a participar da 1ª Campanha de Saúde Mental”, concita a vice-presidente da Caixa de Assistência, Aline Fávero, responsável pela área de saúde da entidade.

Na Campanha de Saúde Mental promovida pela CAASP, advogados e advogadas poderão realizar uma consulta com profissional de psicologia gratuitamente, bastando retirar a guia de atendimento em qualquer unidade da Caixa de Assistência. A relação de psicólogos e psicólogas referenciadas pela entidade, que atuarão na Campanha será divulgada nos próximos dias. Havendo interesse em prosseguir com o acompanhamento psicológico os valores cobrados serão bem menores que os normalmente praticados nesse tipo de terapia.

“É preciso vencer a barreira do preconceito, deixar de enxergar atenção psicológica como algo indicado para pessoas adoecidas. O tema tem de ser tratado como questão preventiva e de saúde pública, daí a importância do Setembro Amarelo e, no âmbito específico da advocacia, da iniciativa da CAASP”, afirma a diretora da Caixa de Assistência Raquel Tamassia, que colaborou com o projeto.

A Campanha de Saúde Mental não é a primeira iniciativa da CAASP nesta gestão na área da atenção psicológica. Em abril de 2020, a entidade lançou a CAASPSico, plataforma digital para atendimentos virtuais nessa área, com significativa adesão da advocacia.

Em nível nacional, a Cartilha de Saúde Mental da Advocacia, pela qual trabalhou o presidente da CAASP, Luiz Ricardo Vasques Davanzo, define políticas de saúde mental para a advocacia, como incluir psicólogos e psiquiatras na rede referenciada das Caixas de Assistências e atividades esportivas e musicais, a exemplo do que já faz a Caixa paulista. A Cartilha da Saúde Mental da Advocacia é uma das peças que compõem o Plano Nacional de Prevenção das Doenças Ocupacionais e da Saúde Mental da Advocacia, oficializado pelo Provimento 186/2018 do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.