Skip to main content
NotíciasSubseções

OAB Campinas cria fórum permanente sobre violações dos direitos das mulheres

By 10 de março de 2022março 22nd, 2022No Comments

Na passagem do Dia Internacional da Mulher, a OAB Campinas lançou o Fórum Permanente  de Discussão sobre Violações dos Direitos das Mulheres, iniciativa que visa trazer a debate as diferentes formas e atos de violação dos direitos das mulheres nos aspectos comportamentais e no campo jurídico, fomentar a reflexão e contribuir para uma mudança positiva na sociedade.

O lançamento do fórum aconteceu na noite da última terça-feira (8), em uma live da presidente da Subseção, Luciana Freitas, transmitida pelo Instagram da entidade.  A proposta do fórum surgiu em um desdobramento da nota de repúdio produzida em conjunto pela OAB Campinas e as comissões da Mulher Advogada, de Combate à Violência Contra a Mulher e de Direitos Humanos, contra a fala do deputado Estadual Arthur do Val, sobre as mulheres ucranianas.

“O pedido da presidente da OAB SP, Patricia Vanzolini, de providências sobre o caso – junto à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo [Alesp] – é uma atitude importante e significativa, e acredito que as subseções podem acrescentar, fomentar o debate. O nosso começo vai ser com esse fórum, com a contribuição das nossas comissões – um espaço verdadeiramente de discussão a respeito desses atos, que acabam por violar os direitos das mulheres”, afirmou Luciana.

Também participaram da live a presidente e a vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada, Jaqueline Gachet de Oliveira e Franciele Aparecida Gurgel, e o presidente da Comissão de Direitos Humanos, Gabriel Martins Furquim, que, juntamente com os integrantes das comissões, irão formatar o projeto para implementar o fórum. “Vamos organizar esses eventos com as três comissões, discutir os casos de violações dos direitos das mulheres,  entender porque continuam acontecendo, como a sociedade pode agir para evitar, o que deve ser feito, e trazer essas questões para nossa realidade – como juristas – sobre as consequências dessas condutas”, afirmou a presidente da comissão.

Ainda durante a explanação sobre o fórum, Luciana anunciou uma homenagem a uma das funcionárias mais antigas da Subseção, que conviveu com as mais diferentes gerações da advocacia. O evento foi batizado como “Fórum Permanente de Discussão sobre Violações dos Direitos das Mulheres Eunice de Souza”.

“A funcionária Eunice de Souza é um exemplo de várias lutas vivenciadas, experiências em que participou e participa da Ordem, como colaboradora, acompanhando as transformações da nossa  profissão por diversas gerações”, destacou a presidente OAB Campinas.