Skip to main content
CAASPNotícias

CAASP lança novo modelo de saúde suplementar para a advocacia paulista

By 26 de julho de 2022julho 27th, 2022No Comments
CAASP lança novo modelo de saúde suplementar para a advocacia paulista

A partir de 1º de agosto, a advocacia paulista terá a sua disposição um novo modelo de saúde suplementar intermediado diretamente pela Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo (CAASP). Parceria da entidade com a Seguros Unimed permitirá que advogados e advogadas contratem seguro-saúde em condições especiais, a preços abaixo dos de mercado e com a possibilidade de que os reajustes anuais sejam menores.

A redução do valor das mensalidades é possível porque, nesse novo modelo, denominado CAASP Saúde, a entidade assistencial atua como gestora da carteira coletiva, eliminando-se a figura do intermediador, que contribui para a elevação de preços.

“Neste novo momento, a intermediária entre a Seguros Unimed e os beneficiários será a Caixa de Assistência, na qualidade de gestora e estipulante da apólice coletiva. A advocacia passa a ter uma opção de atendimento médico de alta qualidade e abrangência, a preço justo e com diferenciais exclusivos”, explicou a presidente da CAASP, Adriana Galvão, em reunião do Conselho Secional da OAB SP, realizada ontem (25).

Além disso, o CAASP Saúde contará com um confortável posto de atendimento no segundo andar da sede da entidade (Rua Benjamin Constant, 75, Centro, Capital), além de outros canais de comunicação para obter todas as informações sobre os produtos disponíveis e fazer a adesão.

Segundo o vice-presidente da CAASP, Domingos Stocco, “a iniciativa da Caixa de Assistência de buscar novas opções para a advocacia no campo da saúde suplementar segue os princípios de eficiência e abrangência que embasam a atual gestão”.

“Os novos modelos de contratos de prestação de serviços em saúde suplementar que a CAASP está implementando vão garantir pluralidade de propostas, de forma que cada advogado e cada advogada adeque suas necessidades e possibilidades à contratação de um plano de saúde”, informou a diretora da Caixa, Angélica Carlini, que acrescentou: “Além disso, o gerenciamento que a diretoria da CAASP fará em relação a esses contratos, certamente, garantirá transparência e eficiência para a advocacia paulista. Esse é, com certeza, o grande diferencial desta gestão: faremos o gerenciamento, o acompanhamento direto dos números de atendimentos e dos valores de mensalidades, sempre com o objetivo de propiciar o melhor para todos e todas”.

Pelo CAASP Saúde, a advocacia, especialmente a parcela mais jovem, terá varias opções na hora de escolher seu plano de atendimento médico, assim como a advocacia sênior, a advocacia do interior do Estado e, também, a advocacia que já está consolidada financeiramente. Os melhores hospitais integram a rede dos Seguros Unimed – 131 hospitais próprios – e os planos contemplam cobertura além do rol da Agência Nacional de Saúde (ANS) e possibilidade de reembolso. A abrangência é nacional, reunindo 117 mil médicos cooperados.

A Seguros Unimed, no âmbito do CAASP Saúde, contempla uma centena de planos de seguro-saúde e odontológicos, produtos SOS, remoção aeromédica, dentre outras soluções que serão lançadas em seguida, consideradas as faixas etárias e as opções com e sem coparticipação.

“É preciso que a Caixa forneça o que a advogada e o advogado, de fato, necessitam, que jamais tergiverse quando indagada sobre contratos e compromissos de quaisquer naturezas. Transparência é o norte da gestão”, ressaltou Adriana.

Paralelamente, a CAASP mantém a oferta de planos coletivos por adesão da Sul América, do Bradesco Saúde e da Amil, estes administrados pela Quali, e também da Prevent Sênior.

Outra novidade do projeto CAASP Saúde é a instalação de laboratório de análises clínicas, que funcionará no sexto andar do prédio da entidade, onde advogados, advogadas e seus dependentes diretos poderão realizar exames a preços abaixo da média do mercado. O mesmo serviço deverá ser levado para todo o Estado por meio da CAASP Itinerante, cujo projeto-piloto começa por dez cidades do interior (leia aqui).