CAASPNotícias

Advogadas elogiam saúde e bem-estar proporcionados pelo Mês da Mulher CAASP

By 26 de março de 2021abril 6th, 2021No Comments
Mês da Mulher CAASP

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, a CAASP promoveu ao longo de todo o mês de março uma série de atividades on-line especialmente para as advogadas. No “Up Life Virtual”, a saúde e o bem-estar da mulher foram a tônica. Elas puderam fazer aulas on-line ao vivo de pilates e defesa pessoal, além de sessões de meditação guiada. A TV CAASP, canal da entidade no Youtube, exibiu tutoriais com dicas de cuidados com a pele. A homenagem final acontece neste dia 31 de março, às 17h, quando a TV CAASP exibe para elas uma apresentação especial e gratuita do Coral da OAB-CAASP, regido pelo maestro José Antunes.

“O Mês da Mulher CAASP engajou muita gente. Recebemos um total de 680 inscrições para essas atividades. Parabéns às advogadas! Parabéns às mulheres!”, comemora Andréa Regina Gomes, diretora responsável pelo setor de Eventos da Caixa de Assistência.

“Trabalho em home-office e fico muito tempo sentada, então as aulas de pilates foram ótimas para aliviar o estresse, o cansaço da coluna e do quadril. Os professores foram muito atenciosos, simpáticos e competentes. Parabenizo a CAASP pela iniciativa tão interessante e importante neste contexto pandêmico”, declara Maria de Fátima Martins de Andrade, de 60 anos, que participou das aulas ministradas pelo Espaço Vital.

Simone Uhelszki Yoshida, 45 anos, optou por participar das aulas de meditação. “A saúde mental é tão importante quanto a corporal. Nesse período de estresse sem precedentes que estamos passando, essa iniciativa são foi essencial”, observa. Ela também contou como as sessões orientadas pelo Instituto Evoluir para ajudar no seu bem-estar: “Sabemos o quanto a respiração influencia no nosso estado geral. A meditação faz que a gente preste atenção nela e no momento presente. Quando fiz as aulas, senti que o mundo naquele momento passava devagar, sem aquela correria toda que, infelizmente, estamos acostumados. Foram momentos de descompressão e leveza”.

Já Eliane de Almeida Rodrigues, 48 anos, se aventurou nas aulas de defesa pessoal da Federação internacional de Krav Maga. “Essa aula foi um achado. Pretendo fazer essa aula presencial após essa pandemia. Me senti muito bem tanto física como emocional. Saber que você pode se defender usando técnicas e não o uso de força física dá uma sensação de confiança. Toda mulher deveria fazer essas aulas ou pelo menos ter conhecimento básico das técnicas”, recomenda Rodrigues. À reportagem ela contou que as aulas têm proporcionado momentos de interação divertidos entre ela e o sobrinho Matheus, com quem tem praticado os movimentos.

Dessa intensa programação, o único evento interrompido foi a 2ª Caminhada da Mulher pela Igualdade de Direitos, temporariamente adiada em decorrência da fase emergencial do Plano São Paulo de Contingenciamento da Covid-19, em vigor em todo o Estado de São Paulo. Tão logo as condições sanitárias permitam, a prova será remarcada.